SIG – Sistema de Informação Gerencial: O que é e como implantar?

SIG - Sistema de Informação Gerencial O que é e como implantar

Em um mundo cada vez mais conectado e dinâmico, a gestão de informações é um desafio constante para as empresas.

É preciso garantir que os dados estejam disponíveis de forma rápida, segura e precisa para que a tomada de decisões seja eficiente e assertiva. Nesse contexto, o Sistema de Informação Gerencial (SIG) surge como uma ferramenta fundamental para a gestão estratégica das organizações.

Neste artigo, vamos entender o que é o Sistema de Informação Gerencial, sua história, suas características, benefícios e exemplos, além de dicas para escolher o melhor sistema para a sua empresa.

O que é Sistema de Informação Gerencial?

O Sistema de Informação Gerencial (SIG) é um conjunto de recursos tecnológicos que permite coletar, armazenar, processar e transmitir informações relevantes para a gestão de uma empresa. Trata-se de uma ferramenta de suporte à tomada de decisões, que ajuda os gestores a visualizar as informações de forma clara e objetiva, facilitando a identificação de problemas, oportunidades e tendências.

O SIG é composto por diversas funcionalidades, como bancos de dados, relatórios gerenciais, dashboards, análise de dados, entre outros recursos que podem ser adaptados às necessidades específicas de cada empresa. Com essas funcionalidades, o Sistema de Informação Gerencial é capaz de transformar dados em informações úteis para a gestão empresarial, contribuindo para a eficiência e eficácia dos processos organizacionais.

A história e evolução do sistema de informação gerencial

O uso de tecnologias para a gestão de informações empresariais teve início na década de 1960, com o desenvolvimento dos primeiros sistemas de processamento eletrônico de dados (PED). Esses sistemas eram utilizados para automatizar processos rotineiros, como a emissão de folhas de pagamento e controles financeiros.

Com o passar dos anos, os sistemas evoluíram e começaram a incluir funcionalidades mais avançadas, como a geração de relatórios gerenciais e o uso de bancos de dados para armazenar informações empresariais. A partir da década de 1980, surgiram os primeiros Sistemas de Informação Gerencial, que integravam diversas funcionalidades em um único sistema.

Com o avanço da tecnologia e a popularização da internet, os sistemas de informação gerencial se tornaram cada vez mais sofisticados e abrangentes, incorporando recursos como análise de dados, inteligência artificial e Big Data. Atualmente, existem diversas plataformas de SIG disponíveis no mercado, que podem ser customizadas de acordo com as necessidades de cada empresa.

Para que serve o sistema de informação gerencial?

O principal objetivo do SIG é fornecer informações relevantes para a gestão empresarial, apoiando a tomada de decisões em todas as áreas da empresa. Com o SIG, os gestores têm acesso a informações precisas e atualizadas, que podem ser utilizadas para:

Identificar tendências e oportunidades de mercado

Analisar o desempenho financeiro da empresa

Gerenciar recursos humanos e materiais

Monitorar o desempenho de processos empresariais

Acompanhar o atendimento ao cliente

Identificar problemas e oportunidades de melhoria em todas as áreas da empresa

O SIG é, portanto, uma ferramenta fundamental para a gestão estratégica das empresas, permitindo que os gestores tomem decisões mais informadas e assertivas.

Como o SIG pode ajudar a sua empresa?

O SIG pode trazer diversos benefícios para a sua empresa. Veja alguns exemplos:

Melhora a eficiência dos processos empresariais: com o SIG, é possível automatizar tarefas rotineiras, como a emissão de relatórios, permitindo que os funcionários dediquem mais tempo a atividades que agregam valor ao negócio.

Permite a identificação de problemas com mais rapidez: o SIG permite que os gestores identifiquem problemas com mais rapidez, facilitando a tomada de decisões para solucioná-los.

Aumenta a produtividade da equipe: ao simplificar e automatizar tarefas, o SIG permite que a equipe se concentre em atividades que requerem habilidades específicas, aumentando a produtividade.

Melhora a qualidade das informações: o Sistema de Informação Gerencial permite que as informações sejam coletadas, armazenadas e compartilhadas de forma mais precisa, melhorando a qualidade das informações disponíveis para a tomada de decisões.

Permite a análise de dados em tempo real: com o SIG, é possível acessar informações em tempo real, permitindo que os gestores tomem decisões mais informadas e baseadas em dados.

Em que áreas o SIG pode ser utilizado?

O SIG pode ser utilizado em todas as áreas da empresa, desde o financeiro até o atendimento ao cliente. Veja alguns exemplos de áreas em que o Sistema de Informação Gerencial pode ser aplicado:

Finanças: o SIG pode ser utilizado para monitorar a saúde financeira da empresa, controlando despesas, receitas, fluxo de caixa e outros indicadores financeiros.

Recursos humanos: o Sistema de Informação Gerencial pode ser utilizado para gerenciar informações de funcionários, como histórico profissional, desempenho e remuneração.

Vendas e marketing: o Sistema de Informação Gerencial pode ser utilizado para monitorar a performance das vendas, identificar tendências de mercado, analisar o comportamento do consumidor e monitorar a concorrência.

Logística: o SIG pode ser utilizado para gerenciar o estoque, acompanhar o transporte de mercadorias e monitorar o desempenho da cadeia de suprimentos.

Atendimento ao cliente: o SIG pode ser utilizado para monitorar a satisfação do cliente, acompanhar reclamações e sugestões, e identificar oportunidades de melhoria.

Que tipos de relatórios podem ser acessados no Sistema de Informação Gerencial ?

O SIG permite a geração de diversos tipos de relatórios gerenciais, que podem ser personalizados de acordo com as necessidades da empresa. Veja alguns exemplos:

Relatórios financeiros: permitem a análise do desempenho financeiro da empresa, incluindo balanços, demonstrações de resultados e fluxo de caixa.

Relatórios de vendas: permitem a análise do desempenho de vendas, incluindo informações sobre vendas realizadas, clientes atendidos e tendências de mercado.

Relatórios de recursos humanos: permitem a análise de informações sobre a equipe, incluindo dados sobre remuneração, desempenho e rotatividade.

Relatórios de produção: permitem a análise do desempenho da produção, incluindo informações sobre produtividade, qualidade e eficiência.

Relatórios de atendimento ao cliente: permitem a análise da satisfação do cliente, incluindo informações sobre reclamações, sugestões e feedbacks.

Relatórios de estoque: permitem a análise do estoque da empresa, incluindo informações sobre quantidade, valor e rotatividade.

Relatórios de logística: permitem a análise do desempenho da cadeia de suprimentos, incluindo informações sobre transporte, armazenagem e distribuição.

Quais as Vantagens do Sistema de Informação Gerencial?

O SIG traz diversas vantagens para a gestão empresarial. Veja alguns exemplos:

Maior eficiência: o SIG permite que os processos empresariais sejam automatizados, aumentando a eficiência e reduzindo custos.

Tomada de decisões mais assertiva: o SIG fornece informações precisas e atualizadas, permitindo que os gestores tomem decisões mais informadas e assertivas.

Maior produtividade: o SIG simplifica e automatiza tarefas rotineiras, permitindo que a equipe se concentre em atividades que agregam valor ao negócio.

Identificação de oportunidades: o SIG permite que os gestores identifiquem oportunidades de mercado e tendências, contribuindo para a definição de estratégias mais assertivas.

Melhoria da qualidade das informações: o SIG permite que as informações sejam coletadas, armazenadas e compartilhadas de forma mais precisa, melhorando a qualidade das informações disponíveis para a tomada de decisões.

Análise de dados em tempo real: o Sistema de Informação Gerencial permite que as informações sejam acessadas em tempo real, permitindo que os gestores tomem decisões mais informadas e baseadas em dados.

5 Exemplos de Sistemas de Informação Gerencial

Existem diversas plataformas de SIG disponíveis no mercado. Veja alguns exemplos:

SAP: o SAP é um dos sistemas de gestão empresarial mais populares do mundo, utilizado por empresas de diversos setores.

Oracle: o Oracle é uma plataforma de Sistema de Informação Gerencial que permite a gestão integrada de diversos processos empresariais.

TOTVS: a TOTVS é uma plataforma de SIG que oferece soluções específicas para empresas de diversos segmentos, incluindo varejo, manufatura e serviços.

Microsoft Dynamics: o Microsoft Dynamics é um sistema de gestão empresarial que permite a integração de diversos processos, incluindo vendas, finanças e recursos humanos.

Protheus: o Protheus é uma plataforma de SIG que oferece soluções integradas para a gestão de diversos processos empresariais, incluindo financeiro, vendas, produção e recursos humanos.

Como escolher o melhor SIG para a sua empresa?

Ao escolher um SIG para a sua empresa, é importante levar em consideração alguns fatores, como:

Necessidades específicas da empresa: cada empresa tem necessidades específicas em relação à gestão de informações. É importante escolher um sistema que possa ser customizado de acordo com essas necessidades.

Facilidade de uso: o SIG deve ser fácil de usar, tanto para os gestores quanto para os funcionários que o utilizarão no dia a dia.

Integração com outros sistemas: é importante escolher um SIG que possa ser integrado com outros sistemas já utilizados pela empresa, como sistemas de CRM e ERP.

Suporte e treinamento: é importante escolher um sistema que ofereça suporte e treinamento para garantir que os usuários possam utilizar todas as funcionalidades do SIG de forma eficiente.

Custo-benefício: é importante avaliar o custo-benefício do sistema, levando em consideração não apenas o valor do investimento, mas também os benefícios que o sistema trará para a empresa.

10 Exemplos de plataformas SIG

A seguir, listamos mais algumas plataformas de SIG disponíveis no mercado:

Mega: o Mega é um sistema de gestão empresarial que permite a gestão integrada de diversos processos empresariais.

Sankhya: a Sankhya é uma plataforma de SIG que oferece soluções específicas para empresas de diversos setores, incluindo indústrias, varejo e serviços.

Senior: a Senior é uma plataforma de SIG que oferece soluções integradas para a gestão de diversos processos empresariais, incluindo financeiro, vendas e produção.

IBM Cognos: o IBM Cognos é uma plataforma de SIG que oferece recursos avançados de análise de dados e inteligência artificial.

QlikView: o QlikView é uma plataforma de SIG que permite a análise de dados em tempo real, facilitando a tomada de decisões empresariais.

MicroStrategy: o MicroStrategy é uma plataforma de SIG que oferece recursos avançados de análise de dados, incluindo Big Data e inteligência artificial.

SAS: o SAS é uma plataforma de SIG que permite a análise de dados em larga escala, com recursos avançados de inteligência artificial e machine learning.

Salesforce: o Salesforce é uma plataforma de SIG específica para a gestão de vendas e relacionamento com clientes.

Tableau: o Tableau é uma plataforma de SIG que permite a análise de dados em tempo real e a criação de dashboards personalizados.

Power BI: o Power BI é uma plataforma de SIG da Microsoft que permite a análise de dados em tempo real e a criação de dashboards personalizados.

Conclusão

O Sistema de Informação Gerencial (SIG) é uma ferramenta fundamental para a gestão estratégica das empresas. Com o SIG, os gestores têm acesso a informações precisas e atualizadas, que podem ser utilizadas para identificar problemas, oportunidades e tendências, facilitando a tomada de decisões empresariais. Existem diversas plataformas de SIG disponíveis no mercado, que podem ser customizadas de acordo com as necessidades específicas de cada empresa. Ao escolher um SIG, é importante levar em consideração fatores como as necessidades da empresa, a facilidade de uso, a integração com outros sistemas, o suporte e treinamento e o custo-benefício.

Além disso, é importante destacar que o SIG não é apenas uma ferramenta tecnológica, mas sim uma estratégia de gestão empresarial que requer a participação ativa dos gestores e funcionários da empresa. É fundamental que todos compreendam a importância do SIG para a gestão eficiente dos processos empresariais e estejam engajados em sua utilização.

Por fim, é importante lembrar que a implementação do SIG pode representar um investimento significativo para a empresa. No entanto, os benefícios que a ferramenta pode trazer para a gestão empresarial, como a melhoria da eficiência, a tomada de decisões mais assertiva e a análise de dados em tempo real, podem gerar um retorno sobre o investimento significativo a longo prazo. Por isso, é fundamental avaliar cuidadosamente as opções disponíveis no mercado e escolher o SIG que melhor atenda às necessidades específicas da sua empresa.

Você pode gostar também desses posts!

logo evolvy branca

Solicite seu TESTE GRÁTIS!

Preencha os campos abaixo para liberar o seu teste.

Heeey, só um minutinho...

Que tal fazer um teste GRATUITO e SEM COMPROMISSO da melhor e mais completa plataforma de atendimento do mercado?

Preencha os seus dados abaixo e veja tudo o que podemos fazer pelo seu negócio!

Heeey, só um minutinho...

Que tal fazer um teste GRATUITO e SEM COMPROMISSO da melhor e mais completa plataforma de atendimento do mercado?

Preencha os seus dados abaixo e veja tudo o que podemos fazer pelo seu negócio!